Título: Convento dos Remédios

Datas extremas: 1756 / 1783

Dimensão: 1 maço

Nível de descrição: arquivo

Nome produtor: Convento dos Remédios

História Institucional: "O Convento dos Remédios foi fundado em 1544-1549, pelo Bispo D. André de Torquemada, auxiliar de D. Diogo de Sousa, que confirmou em 1547 a dita fundação, foi este o 1º convento a existir na cidade de Braga. Destinado a religiosas da Ordem Terceira Franciscana com clausura, regidas pelos estatutos das freiras da Anunciada de Salamanca, ficaram sujeitas ao Prelado bracarense e, por morte deste, sujeitas à Sé Apostólica, sob pena de perderem os bens. Em 1890 contavam apenas com duas religiosas e em 1897 ainda funciona, mas desde 1896 foi ocupado por creches dirigidas, até 1907, pelas Franciscanas Missionárias de Maria. A igreja conventual seria encerrada em 1911 e logo de seguida, derrubada, como já antes havia sucedido ao convento. No seu lugar, figuram, o Teatro Circo e outros edifícios.” (in : Inventário do fundo monástico-conventual, 1985)

História custodial e arquivística: O arquivo do Convento dos Remédios foi incorporado no Arquivo Municipal Alfredo Pimenta, aquando da sua criação, de acordo com o disposto no capítulo XXIV do decreto nº 19.952 de 27 de Junho, republicado em 30 e Julho do mesmo ano.

Âmbito e Conteúdo: O arquivo do convento é composto unicamente por um processo referente ao casal do Outeiro da freguesia de São Lourenço de Calvos.

Ingressos adicionais: Não se prevê a entrada de novas unidades de instalação.

Condições de reprodução: A reprodução deverá ser solicitada por escrito, através de requerimento dirigido ao responsável da instituição. O seu deferimento encontra-se sujeito a algumas restrições tendo em conta o seu estado de conservação ou o fim a que se destina a reprodução.

Condições de acesso: Comunicável, salvo os originais em mau estado de conservação.

Descrição do estado de conservação: No geral o arquivo está em bom estado de conservação.

Instrumentos de descrição: Catálogo disponível em suporte papel e electrónico.

Nota do(s) arquivista(s): O conteúdo informativo da “História institucional” baseou-se na seguinte bibliografia:

ARAÚJO, António de Sousa – Inventário do fundo monástico-conventual - Braga. Arquivo Distrital, Universidade do Minho, 1985.169 p.

Regras e convenções: ISAD (G) , NP 405; NP 3680

 






  topovoltar