Título: Manuel Alves de Oliveira

Datas extremas: 1923/1991

Dimensão: 459 doc. (27 pastas)

Nível de descrição: arquivo

Nome produtor: Manuel Alves de Oliveira

História biográfica: Manuel Alves de Oliveira nasceu em Guimarães a 28 de Maio de 1902 e faleceu na mesma cidade em 23 de Março de 1990. Militante do movimento integralista desde a juventude, nunca abandona o ideário de monárquico convicto. Jornalista desde 1919, funda em 1925 a revista “Gil Vicente”, juntamente com o D. José Ferrão, e define-a como uma revista de portugalidade, que divulgará os ideais nacionalistas. Entra para a Direcção da Sociedade Martins Sarmento, onde será secretário-geral durante 29 anos, como colaborador do presidente, coronel Mário Cardoso. Foi também mesário da Santa Casa da Misericórdia de Guimarães, militante nº 1 do Movimento Escutista em Guimarães e membro de várias associações vimaranenses. Em 1965 é nomeado vice-presidente da Câmara Municipal. Desde 1960 é director, não nomeado, do Arquivo Municipal Alfredo Pimenta e dirige paralelamente o “Boletim de Trabalhos Históricos”, órgão desse Arquivo, e onde publicará vários trabalhos de história local. Paralelamente continua a colaborar na imprensa e em publicações periódicas, sendo responsável pela página literária do “Notícias de Guimarães”. Recebeu a medalha de ouro da cidade de Guimarães, atribuída pela Câmara Municipal de Guimarães.

História custodial e arquivística: A proveniência desta documentação é desconhecida.

Âmbito e conteúdo: Constituído maioritariamente por correspondência enviada/recebida, recortes de jornais e artigos publicados em publicações periódicas.

Ingressos adicionais: Arquivo em aberto.

Condições de reprodução: A reprodução deverá ser solicitada por escrito, através de requerimento dirigido ao responsável da instituição. O seu deferimento encontra-se sujeito a algumas restrições tendo em conta o seu estado de conservação ou o fim a que se destina a reprodução.

Condições de acesso: Comunicável, salvo os originais em mau estado de conservação.

Descrição do estado de conservação: No geral o arquivo está em bom estado de conservação.

Instrumentos de descrição: Catálogo publicado no Boletim de Trabalhos Históricos, II série, vol. III 1999.

Regras e convenções: ISAD(G).

  topovoltar