de 1879 a 1881 (Satírico-burlesco)

O Formigueiro (1879). Jornal satírico-burlesco. Formato pequeno. Na Sociedade existem do n.º 3 do 1.º ano ao n.º 124 do 3.º ano, faltando de permeio bastantes exemplares. O Padre Caldas diz: «Jornal satírico-burlesco; publica-se aos domingos, na Tipografia Social, Rua de S. Dâmaso. Saiu o primeiro número a 14 de Dezembro de 1870 (engano; deve ser, aliás, 1880) e continua». Do n.º 5 em diante, porém, os artigos de fundo são encimados pela data, e vê-se neste número a seguinte: Guimarães, 10 de Janeiro de 1880, que vai em flagrante contradição com a data do Padre Caldas, que diz ter começado em 1870, aliás 1880. Se o n.º 5 é de 11 de Janeiro de 1880, os primeiros têm de ser forçosamente de Dezembro de 1879. O n.º 5 traz a indicação da Tipografia d’«O Formigueiro», R. do Espírito Santo, 11; o n.º 13 traz mencionado o escritório e redacção, na mesma rua; no n.º 36 vem a substituição de jornal satírico-burlesco, por jornal para todos; no n.º 44 figura já como proprietário e director António Xavier da Cunha, e designa o escritório na Rua de S. Dâmaso; o n.º 46 indica a Tipografia Social, Rua de S. Dâmaso; do n.º 99 do 3.º ano em diante principiou a publicar-se às segundas-feiras.
Na pequena colecção da Sociedade existe um Suplemento ao n.º 66, de 6-3-1881, e um Apenso ao n.º 89, de 25-9-1881.
«O Jornalismo Português», que se orienta mais ou menos pelo Padre Caldas, informa assim: «O Formigueiro» — Jornal satírico-burlesco. 14 de Dezembro de 1879 a 1883. (Padre Caldas diz 1870). Quanto à data do início, deve andar pela verdade. Acabaria com o n.º 124 do 3.º ano, em 1882, último exemplar que existe na Sociedade, ou em 1883, como indica Silva Pereira?

  topovoltar