Licença de uso de espingardas ou clavinas passada por D. João V em 27 de Março de 1733 a Francisco Rodrigues de Carvalho, homem de negócios da freguesia de Santo André de Tolões (Celorico de Basto)
Quota: BS 13-3-23
Ano: 1733 (XVIII)

Carta de familiar do santo Ofício de Francisco Rodrigues de Carvalho, homem de negócios, filho de Marcos Rodrigues, de Covelos de Cima (Tolões), passada em Lisboa a 5 de Agosto de 1734.
Quota: BS-13-3-23
Ano: 1734 (XVIII)

Carta de doutor da Universidade de Coimbra, do padre José de Freitas, do Porto, de 15 de Julho de 1740
Quota: BS-13-3-23
Ano: 1740 (XVIII)

Carta de Bacharel em Direito da Universidade de Coimbra de Francisco Meylão, natural do Porto, de 22 de Maio de 1741
Quota: BS-13-3-23m
Ano: 1741 (XVIII)

Carta de familiar do santo Ofício datada de 1797 de .... natural do lugar do Vinho, Bispado de Coimbra, morador na cidade de Lisboa.
Quota: BS 13-3-23
Ano: 1797 (XVIII)

Licença para o uso de clavina ou bacamarte passada por D. João VI, em 28 de Maio de 1813, a Manuel Teixeira, caixeiro de Manuel José Ferreira, negociante de ourives da vila de Guimarães
Quota: BS 13-3-23
Ano: 1813 (XIX)

Carta de Bacharel em Direito da Universidade de Coimbra de Domingos de Sousa Guedes, de 2 de Julho de 1830
Quota: BS-13-3-23
Ano: 1830 (XIX)

Carta de privilégios passada a 19 de Junho de 1838, a José Moreira Pindo de Carvalho, feitor de Domingos António Máximo Alves, negociante espanhol, residente na cidade de Guimarães.
Quota: BS-13-3-23
Ano: 1838 (XIX)

Diploma da Eschola Medico-Cirurgica de Lisboa, de José António de Abreu, de 30 de Abril de 1856
Ano: 1856 (XVIII)
 

 

  topovoltar