Vitrina 6
Cerâmica luso-romana

Nesta vitrina encontra-se um conjunto cerâmica luso-romana proveniente da Citânia de Briteiros, que inclui alguns vasos de formas variadas e por fragmentos de vasilhame de uso doméstico, tais como: tachos (patina), frigideiras (patella subtilis), almofarizes (mortarium), ânforas, etc. Põem também observar-se sementes carbonizadas e um fundo de vasilha contendo uma pasta endurecida, possivelmente, restos de comida e seixos pequenos de uso desconhecido.
Aqui se expõe também cerâmica luso-romana de outros locais da região de Guimarães (S. Torcato, Gominhães, S. Cláudio, S. Salvador de Souto, S. Eulália de Barrosas), do Marco de Canaveses e de Almeirim.

Sob a vitrina, encontram-se alguns fragmentos de (tegulae) e bordos e fundos de talhas (dolia), provenientes da Citânia de Briteiros.



  1
Fragmentos de cerâmica com marcas de oleiro (Citânia de Briteiros).

  2
Fragmentos de cerâmica com marcas de oleiro (Citânia de Briteiros).

  3
Pesos de tear, da Citânia de Briteiros.

  4
Cossoiros, da Citânia de Briteiros.

  5
Vasos (Almeirim, S. Salvador de Souto).

  6
Cossoiros (Castro de Sendim, Marco de Canaveses)

  7
Fragmentos de cerâmica, da Citânia de Briteiros.
 

  topovoltar