1
Cultura popular
Moldura de forma rectangular, em madeira trabalhada a recorte.
 

   2
Cultura popular
Manequim de corpo inteiro, em gesso pintado, com traje regional minhoto (traje de lavrador); na cabeça, um gorro vermelho e verde; uma camisa de linho bordada, à frente, a vermelho com o nome "Manel"; pendurado no ombro, uma Jaqueta; umas calças com dois bolsos, num dos quais tem um lenço dos namorados em linho bordado, onde se lê: "Na linda flor do teu rosto /pintou deus a formosura /as ondas do mar são verdes /todos os campos tem verdura"; uns chinelos pretos de lavrador minhoto e na mão uma sachola. Figurou na Exposição Nacional do Trajo Regional, organizada pela Associação Comercial de Lisboa em 1936, sob o patrocínio do Ministério do Comércio e Indústria à qual concorreu a Câmara Municipal de Guimarães e que obtiveram um Diploma de Honra com a classificação de «Muito Bom».
 

   3
Cultura popular
Manequim de corpo inteiro, em gesso pintado, com traje regional minhoto (lavradeira minhota): um lenço na cabeça; uma camisa de linho bordada com ponto de canutilho (espiga e pé de flor) a vermelho na gola, no peito e nos punhos. A gola e os punhos têm folhos de renda; um colete de rabos, bordado a vermelho; um xaile vermelho, bege e castanho; uma saia comprida preta; uma saia vermelha e duas brancas, por baixo da primeira; um avental preto de veludo, gravado com o nome "Maria"; um par de meias brancas; um par de chinelas em verniz, pretos e motivo bordado a vermelho e branco; nas orelhas, um par de brincos; e, ao peito, um cordão com um coração. Figurou na Exposição Nacional do Trajo Regional, organizada pela Associação Comercial de Lisboa em 1936, sob o patrocínio do Ministério do Comércio e Indústria à qual concorreu a Câmara Municipal de Guimarães e que obtiveram um Diploma de Honra com a classificação de «Muito Bom».
 

   4
Cultura popular
Manequim de corpo inteiro, em gesso, com traje regional minhoto (traje domingueiro): chapéu preto na cabeça; uma camisa de linho bordada a branco (ponto de canutilho) e com o nome "José"; um colete castanho com botões e bolsos; uma jaqueta preta com seis botões em cada manga e dois à frente; calças pretas; uma fita preta amarrada à cintura; umas meias de lã vermelhas e brancas; uns chinelos de pele de vitela branca; no bolso do colete, um cordão com medalha e, na mão, um pau em madeira. Figurou na Exposição Nacional do Trajo Regional, organizada pela Associação Comercial de Lisboa em 1936, sob o patrocínio do Ministério do Comércio e Indústria à qual concorreu a Câmara Municipal de Guimarães e que obtiveram um Diploma de Honra com a classificação de «Muito Bom».
 

   5
Cultura popular
Manequim de corpo inteiro, em gesso pintado, com traje regional minhoto (traje domingueiro): um lenço na cabeça de tecido branco e quadrados azul claro; uma camisa preta com folhos à frente e quatro botões pretos; uma saia preta com folhos na bainha; duas brancas por baixo da primeira; aos ombros, uma capa preta comprida com adaptações de veludo; umas meias brancas; umas chinelas de verniz preto e motivo floral bordada a azul, vermelho e amarelo; nas orelhas, um par de brincos em forma de medalha; ao pescoço, um cordão com uma cruz; e, na mão, um terço preto. Figurou na Exposição Nacional do Trajo Regional, organizada pela Associação Comercial de Lisboa em 1936, sob o patrocínio do Ministério do Comércio e Indústria à qual concorreu a Câmara Municipal de Guimarães e que obtiveram um Diploma de Honra com a classificação de «Muito Bom».
 

   6
Cultura popular
Capela de S. Miguel do Castelo, em fósforos envernizados.
 

   7
Cultura popular
Quadro com caixilho, em madeira trabalhada em relevo, tendo a imagem de Nossa Senhora com o menino ao colo e à frente um outro ajoelhado.
 

   8
Cultura popular
Caixa com tampa, de forma rectangular, em madeira trabalhada a recorte.
 

   9
Cultura popular
Reque-reque em madeira, pintado de vermelho e verde.
 

   10
Cultura popular
Caixa com tampa, de forma rectangular, em madeira trabalhada a recorte.
 

 

  topovoltar