Pedra Cavalgar

Descrição: Penedo de forma sensivelmente esferoidal, pousado sobre outro apenas numa pequena superfície de contacto. Assemelha-se, pela sua configuração, aos denominados "penedos baloiçantes", que por vezes têm sido incluídos na categoria dos megálitos, por os atribuirem a obra do homem. No entanto, este penedo não se encontra em posição de equilíbrio instável. Na verba do aforamento de 1879 regista-se que o penedo tem pelo norte 10 metros, por nascente 11 metros, pelo sul 7 metros e pelo poente 13 metros, ficando ainda a pertencer a Sarmento uma faixa de 10 metros de terreno para todos os lados desta medição.

Utilização:

Observações:
O terreno onde se encontra o penedo foi mandado balizar com quatro marcos de pedra pela Direcção da Sociedade, em 1948.

Bibliografia:
CARDOSO, Mário, Monumentos Arqueológicos da Sociedade Martins Sarmento, "Revista de Guimarães", n.º 60, Guimarães, 1950.
Documentos:


  • Extractos do processo, existente na Câmara Municipal de Guimarães, de aforamento do Monte da Citânia de Briteiros.

  • CARDOSO, Mário, Monumentos Arqueológicos da Sociedade Martins Sarmento, "Revista de Guimarães", n.º 60, Guimarães, 1950, pp. 438-439.

   1
Pedra cavalgar, Briteiros, Guimarães (fotografia de Mário Cardozo)
 

 

  topovoltar