João Lopes de Faria (1860-1944)

Consultar as Efemérides Vimaranenses

Conjunto de quatro volumes, repartidos por cada um dos trimestres do ano, onde estão registados milhares de acontecimentos relacionados com a História de Guimarães, distribuídos ao longo dos 366 dias do ano, coligidos por João Lopes de  Faria.

Poderá consultar, desde já, as efemérides que correspondem ao primeiro trimestre (de 1 de janeiro a 31 de março). Se desejar, poderá consultar a obra completa aqui.

  • Efeméride de sd/03/1931

    Em fins deste mês permutaram os Delegados, transitando o de Guimarães, dr. João Pinto de Freitas para Braga, e de Braga, dr. Alberto Correia para Guimarães.
  • Efeméride de sd/03/1834

    No fim deste mês acabou o Isento eclesiástico de Guimarães.
  • Efeméride de sd/03/1903

    Neste mês foi aprovada pelo ministério do Reino a deliberação da Câmara, referente à troca da capela de Santa Luzia, para demolir, pela do antigo Campo Santo (que ela chamou sua sem o ser), com o Cabido.
  • Efeméride de sd/03/1862

    No dia ..... deste mês, por escritura na nota do escrivão e tabelião José Joaquim de Oliveira, a Ordem 3ª de S. Domingos comprou por 800$000 reis a casa contígua à fronteira do seu hospital para continuação do mesmo, a .....
  • Efeméride de sd/03/1848

    Em todo este mês grassou nesta vila e aldeias circunvizinhas a Gripe, que atacou quase toda a gente, sendo contudo muito benigna. P.L.
  • Efeméride de sd/03/1843

    "Nos fins deste mês apareceu no nosso horizonte um cometa ao qual só se lhe pôde descobrir a cauda. Esta aparição do cometa fez bastante impressão na gente do Povo, fazendo-o precursor de grandes desgraças, e até como um anúncio do fim do mundo. Não se por influência (sic) do cometa, ou por qualquer outra, que não era estranha, os meses de Fevereiro e Março deste ano foram cheios de grandes e continuadas tempestades, com muitas trovoadas, furacões de vento, etc. as quais fizeram grandes estragos em todo o Reino." P.L.
  • Efeméride de sd/03/1837

    Em princípios deste mês, tendo o vigário capitular de Braga mandado que o Padre Francisco de Sousa Barros, reitor de S. João de Ponte (depois foi cónego de Guimarães), cumprisse com uma dispensa para casamento, o reitor não quis cumprir. Os Impetrantes tornaram ao Capitular, o qual de novo mandou que o reitor cumprisse, com pena de suspensão: apesar disoo o reitor não quis e respondeu - que se não conformava com a praxe actual na administração do Sacramento do Matrimónio - (a diferença é que dantes a dispensa era do Papa ou do Núncio). À vista disto o Capitular mandou que fosse o reitor suspenso do exercício paroquial e do uso de todas as Ordens: em observância o arcipreste nomeou encomendado ao Padre José António Fernandes Rodrigues.Este se apresenta com os seus carros e trastes, acompanhado do oficial e eclesiástico, que levava o ofício com a intimação da suspensão, despejo, e que devia assistir à posse do encomendado: chegando porém à freguesia e perto do adro da igreja, reune-se grande multidão de homens, mulheres e rapazes, tocam os sinos a rebate, e, com paus, pedras e fouces, feriram o oficial, obrigaram o encomendado a por-se a pé da cavalgadura e o fizeram fugir. O arcipreste comunicou o facto ao administrador do concelho, este, acompanhado de polícia, marcha ao sítio da residência, mas ao chegar ao lugar da Pontizela, reune-se de novo o Senhor Povo, tocam os sinos a rebate, dão-se vivas e morras: a polícia dá fogo e se retira para Guimarães trazendo três presos. O reitor que é miguelista e favorecido dos guerrilheiros lá ficou. - Na freguesia próxima, S. Tomé de Caldelas, o povo quis levantar-se contro o pároco, por lhe ter a Câmara arbitrado grande côngrua, e na de Santa Maria de Silvares o povo requereu ao Capitular que suspendesse o seu pároco, aliás constitucional, e lhe restituisse o antigo que era miguelista. Os miguelistas de Guimarães trabalhavam a todo o pano. - Do jornal .....
  • Efeméride de sd/03/1834

    No fim deste mês já se tinham apresentado bastantes realistas desta vila às autoridades da mesma. P.L.
  • Efeméride de sd/03/1828

    Indo de Coimbra para Lisboa uma deputação de cónegos e lentes para felicitarem o Sereníssimo Sr. infante D. Miguel pelo seu feliz regresso a estes Reinos, foi atacada em Condeixa (uma légua além de Coimbra) por uma súcia de estudantes de Coimbra, armada com toda a qualidade de armas, a qual cometeu o atentado de matar 2 lentes e o sobrinho de um dos cónegos que também os acompanhava, maltrataram os 2 cónegos e não fizeram mal algum a um outro lente que também ía nesta deputação. Quando acabavam de praticar esta tão bárbara e cruel acção, foi que uma mulher deu fé e principiando a gritar que acudissem aquele sítio afim de que prendessem tão grandes malfeitores, e entrando logo a acudir gente os fez dispersar pelos montes e seguindo-os prendeu alguns; e a Guarda de honra de cavalaria do general Agostinho Luís que vinha governar a província da Beira chegando pouco depois ao sítio pôde também conseguir prender alguns; vieram presos para Coimbra. P.L.
  • Efeméride de sd/03/1825

    Neste mês esteve um desembargador do Porto na freguesia de S. Pedro de Queimadela a conhecer de um desacato e roubo que se havia feito na supradita igreja. Serviu de escravidão nesta diligência o juiz do crime de Braga. P.L.
  • Efeméride de sd/03/1823

    Veio uma portaria do Governo a todos os prelados regulares para mandarem recolher aos seus conventos todos os súbditos que residiam fora deles. P.L.
  • Efeméride de sd/03/1823

    Foi removido da cidade de Braga para o convento do Buçaco o arcebispo da mesma D. Frei Miguel da Madre de Deus. P.L.