Espólio de José Craveiro

José Craveiro (1919-2005)

José Lopes Craveiro da Costa, nasceu a 7 de outubro de 1919, na freguesia e concelho de Fornos de Algodres, distrito da Guarda.

Frequentou o Liceu Nacional de Viseu, onde concluiu, em 1938, os seus estudos liceais. Ingressou na Universidade de Coimbra, onde concluiu, em 1943, com 14 valores, a licenciatura em Ciências Históricas e Filosóficas. Durante todo o curso foi elemento da Tuna Académica de Coimbra, produziu algumas peças de escultura em barro e gesso para manifestações da Academia, e tornou-se caricaturista, com larga participação nos livros de finalistas.

Foi, desde 1943, professor do Ensino Técnico em Lisboa, Covilhã, Gondomar, Porto e, finalmente, Guimarães, onde leccionou Português, Francês, Geografia e História.

Durante todo esse tempo leccionou no ensino particular, em vários colégios, tendo sido sócio e diretor do Colégio de Vizela (1951-53), do Colégio Egas Moniz (1959-62), em Guimarães, e, a partir de 1967, do Externato Delfim Ferreira, em Riba de Ave. Foi também diretor da Escola do Magistério Primário de Guimarães (1974-77).

No Porto, colaborou com caricaturas no "Primeiro de Janeiro", na série "Figuras Internacionais", que mereceram reprodução em jornais e revistas inglesas e indianas. Colaborou também com a revista "O Tripeiro".

Em Guimarães, colaborou no "Notícias de Guimarães" e foi o primeiro diretor do jornal "O Povo de Guimarães", de 1978 a 1981. Participou ativamente na vida de diversas instituições culturais vimaranenses.

Grande parte do seu espólio foi confiado pela família à Sociedade Martins Sarmento, encontando-se em processo de inventariação. Associando-nos à comemoração do centenário do seu nascimento, divulgamos, desde já, uma vasta coleção de caricaturas da sua  autoria.