Sociedade Martins Sarmento

Jardim e Claustro

A Sociedade Martins Sarmento é uma instituição cultural de utilidade pública sem fins lucrativos fundada em Guimarães em 1881 em homenagem ao arqueólogo e etnógrafo vimaranense Francisco Martins Sarmento, cujos estudos científicos atraíram para Guimarães a atenção dos principais centros da cultura europeia do seu tempo.

A sede da SMS ocupa o claustro gótico e o jardim do extinto Convento de S. Domingos e um imponente edifício concebido no início do séc. XX pelo Arquitecto Marques da Silva, cuja edificação foi concluída em 1967.

O Museu da SMS é um dos mais antigos e mais importantes museus arqueológicos portugueses. Foi instituído em 1885, com o espólio recolhido por Martins Sarmento nas prospecções que realizou na Citânia de Briteiros, no Castro de Sabroso e em inúmeros sítios arqueológicos do Noroeste de Portugal. Ao longo do tempo, foi enriquecido com os achados de escavações que promoveu e com diversos legados, possuindo hoje um acervo ímpar no contexto da Cultura Castreja do noroeste peninsular. Para além das colecções de arqueologia, o Museu da SMS possui importantes colecções de etnografia, numismática e arte contemporânea.

A Biblioteca da Sociedade Martins Sarmento dispõe de perto de cem mil volumes, destacando-se o fundo de livro antigo, de dimensão e qualidade excepcionais, e o Fundo Local, que integra praticamente tudo o que se tem publicado em Guimarães, sobre Guimarães ou de autores vimaranenses, para além de importantes fundos especializados em áreas como a história, a arqueologia, a etnografia, a medicina, o direito, a religião. Dispõe ainda de uma vastíssima colecção de revistas científicas, nacionais e estrangeiras.
A hemeroteca da SMS integra as colecções dos jornais editados em Guimarães desde 1822.

No arquivo documental da Sociedade Martins Sarmento estão depositadas cerca de trinta mil peças, sendo as mais antigas do século XII, com realce para uma importante colecção de pergaminhos e para o Foral de Guimarães de 1507, para além dos espólios de diversos investigadores e escritores (Martins Sarmento, Abade de Tagilde, Albano Bellino, João de Meira, João Lopes de Faria, etc.).

A SMS tem sob sua responsabilidade a guarda, conservação e a supervisão técnica e científica das estações arqueológicas da Citânia de Briteiros e do Castro de Sabroso. É também proprietária dos seguintes monumentos arqueológicos: Mamoa de Donai (Bragança), Dólmen de Pera do Moço (Guarda), Gruta pré-histórica das Coriscadas e Penedo de Cuba (de Marco de Canaveses), Forno dos Mouros e Laje dos Sinais (Barcelos), Mamoa da Bouça da Agrela ou da Gândara, Mamoa da Bouça Nova, um penedo com círculos concêntricos e de um penedo com fossettes (Guimarães).

O órgão da SMS é a Revista de Guimarães, uma das mais antigas e prestigiadas publicações periódicas de carácter científico portuguesas (publica-se desde 1884).

RSS Notícias

  • Pedra Formosa: o regresso de Libéria | Citânia Viva 2022 | 1 de Outubro 21/09/2022
    No próximo dia 1 de Outubro, sábado, pelas 21h30m, será representado na Citânia de Briteiros o espetáculo de teatro Pedra Formosa: o regresso de Libéria, assinalando o evento Citânia Viva 2022.O espetáculo apresenta-se como uma sequela da peça Pedra Formosa, representada na Citânia de Briteiros aquando da Capital Europeia da Cultura, Guimarães 2012, há dez […]
  • Professor Doutor Vitor Aguiar e Silva 14/09/2022
    A Sociedade Martins Sarmento manifesta o seu profundo pesar pelo recente falecimento do seu sócio correspondente Professor Doutor Vítor Aguiar e Silva. Distinto professor da Universidade do Minho e da Universidade de Coimbra, foi agraciado em 2020 com o Prémio Camões pela sua obra que reconfigurou a fisionomia dos estudos literários em todos os países […]
  • A Epopeia dos Ares - Centenário da 1ª Travessia Aérea do Atlântico Sul 04/09/2022
    No ano em que se celebram 100 anos da Travessia do Atlântico Sul, por Gago Coutinho e Sacadura Cabral, a Sociedade Martins Sarmento tem patente nos Passos Perdidos, uma exposição intitulada “A Epopeia dos Ares – Centenário da 1ª Travessia Aérea do Atlântico Sul” Esta exposição bibliográfica poderá ser visitada de terça a domingo das […]
  • Dia da Arqueologia 19/07/2022
    Como forma de assinalar o Dia da Arqueologia, e à semelhança das iniciativas realizadas em anos anteriores, a Sociedade Martins Sarmento irá promover uma visita pública aos trabalhos arqueológicos que decorrem na Citânia de Briteiros. Integrando a formação prática de alunos de Arqueologia da Universidade do Minho, as escavações estão a ser realizadas neste mês […]
  • Residência Artística de Fernando Pinheiro: Todos Nós Temos Uma Arqueologia do Futuro Para Contar 08/07/2022
     Sinopse do Projeto/Residência (No seguimento do trabalho realizado em Abril de 2022)Todos Nós Temos Uma Arqueologia do Futuro Para ContarMuseu da Cultura CastrejaBriteiros São Salvador-Guimarãesde 14 a 22 de Julho de 2022O Desenho do ProjetoCom a Citânia de Briteiros na memória o visitante poderá encontrar no espaço exterior do Museu uma proposta artística em construção, […]
  • Inauguração da exposição: Arte Entre Primos 07/07/2022
    A Direção da Sociedade Martins Sarmento (SMS) e a Família Leite de Castro informam que estará patente na Galeria de Exposições Temporárias da SMS, a partir do dia 8 de Julho, a Exposição de Pintura: Arte entre Primos, que poderá ser visitada até ao próximo dia 7 de agosto. Entrada livre. 
  • Intervenção preventiva em dois pinheiros-mansos no Museu da Cultura Castreja | Nota informativa 21/06/2022
     Dois pinheiros-mansos (Pinus pinea L.), situados no terreiro do Museu da Cultura Castreja, em São Salvador de Briteiros, foram recentemente objeto de uma intervenção que visou reduzir o risco de colapso destas árvores. Plantados há cerca de 20 anos, após a reabilitação do Solar da Ponte e a abertura ao público do novo Museu, apresentavam […]
  • SOS Poético - 2ª Fase - Manuscrito - Corredor Humanitário Poético 20/06/2022
     No Dia Mundial do Refugiado (20 de Junho) inicia-se a segunda fase do SOS Poético. Na sequência da crise de refugiados ucranianos que se vive na actualidade, e com o propósito de manifestar solidariedade e apoio à comunidade de refugiados que Guimarães acolhe, surge a presente iniciativa da Sociedade Martins Sarmento que conta com a […]