As peças expostas na Secção de Epigrafia e Escultura Antiga do Museu da Sociedade Martins Sarmento distribuem-se pela escadaria do antigo convento de S. Domingos, pelo claustro e pelo jardim.

O seu espólio, que começou a ser reunido no último quartel do século XIX, durante as prospecções arqueológicas de Francisco Martins Sarmento, é composto por mais de uma centena e meia de peças, quase todas elas de granito, integrando exemplares de estatuária, inscrições honoríficas, monumentais, sepulcrais, aras votivas, aras anepígrafas, marcos miliários, pedras de armas, elementos de estruturas arquitectónicas, peças de arte ornamental, emblemas, objectos de uso industrial.

Nesta secção encontram-se os elementos mais emblemáticos do acervo arqueológico da Sociedade Martins Sarmento: a Pedra Formosa, os dois Guerreiros Lusitanos, os marcos miliários, as pedras com inscrições da Citânia de Briteiros.

  topovoltar