Louvor do Ministério da Educação Nacional na publicação do 50.º volume da Revista de Guimarães, de 9 de Fevereiro de 1940

DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR E DAS BELAS-ARTES REPARTIÇÃO DO ENSINO SUPERIOR E DAS BELAS-ARTES

Considerando que a “Revista de Guimarães”, órgão científico e cultural da Sociedade Martins Sarmento, é uma das mais antigas publicações do pais, completando no corrente ano o seu 50.º volume;
Considerando que a mesma Revista tem prestado assinalados serviços à instrução pública e prestigiado honrosamente os estudos portugueses no campo da investigação arqueológica e histórica;
Considerando que a referida publicação é bastante conhecida e apreciada, mesmo fora de Portugal, pelo que tem contribuído para o intercâmbio cientifico do nosso pais com outros meios culturais estrangeiros:
Manda o Governo da República Portuguesa, pelo Ministério da Educação Nacional, louvar a Sociedade Martins Sarmento, prestimosa Instituição vimaranense de Utilidade Pública, pela persistência e elevado critério científico com que, durante cinquenta anos, tem sabido manter a publicação de uma Revista trimestral de estudos históricos e arqueológicos, intitulada “Revista de Guimarães”, de comprovado merecimento e manifesto interesse cultural.
Ministério da Educação Nacional, 9 de Fevereiro de 1940.
O Ministro da Educação Nacional, António Faria Carneiro Pacheco.

(Diário do Governo n.º 36, 2.ª série, de 14 de Fevereiro de 1956.)

  topovoltar