Marco miliário.

Título

Marco miliário.

Descrição

Segundo Hübner, esta coluna miliária teria sido dedicada ao Imperador Tibério no ano 32-33 J. C.; foi encontrada na quinta de Germil, freguesia de Santa Maria de Panóias (Braga). Oferecido pela Viúva de Albano Belino, em 1907.
Interpretação: Tibério César, filho do divino Augusto, neto do divino Júlio Augusto, Pontífice Máximo, saudado Imperador oito vezes, Cônsul cinco vezes, do Poder Tribunício trinta e quatro vezes. Desde Braga Augusta são mil …?... passos. (NOTA— Na parte oposta, e em pos
Leitura: Ti(berios) Caesar, Divi Aug(usti) f(ilius), Divi Iuli nepos Aug(usti), / Pont(ifex) Maximus / Imp(erator,) VIII, Consul V, / Trib(unicia) Potest(ate) XXXIV, / Bracaraug(usta) [...?..] / II (milia passuum).
Invocação: TIBERIVS (14-37 p.C.)

Pertence

Epigrafia

Formato

Dimensões: da coluna: 1,18x0,55.
Altura das letras: 0,09.

Localização Espacial

Quinta de Germil, freguesia de Sta. Maria de Panoias, Braga.
Encontra-se atualmente exposta no Museu Arqueológico da SMS.

Identificador

82

Citações

Ephemeris Epigraphica, VIII, p. 458 - n.º 210 - a; Revista de Guimarães, XXIV, p. 80 - 8.ª; A. Belino, Novas Inscr. Rom. de Braga. Braga, 1896, p. 45.