Arrecadas (par)

Descrição

Arrecadas em ouro, do período entre os séculos III AC/I AC. Par de arrecadas. Parte superior em estribo constituído por duas lâminas triangulares dobradas, soldadas, pela base, ao apêndice da arrecada. Apresenta decoração de filigrana (granulado e polvilhado). O prolongamento dos respectivos vértices, em hastes adelgaçadas nas extremidades constitui o sistema de suspensão por introdução no lóbulo da orelha. O apêndice terminal é composto por três elementos: um cilindro oco decorado por alinhamentos duplos em ss encadeados, entre fios torcidos, limitando um campo polvilhado com grânulos na zona média do motivo e nas dobras ss; um elemento esférico achatado, funcionando como toro, decorado na parte superior por fio enrolados entre fios e na parte inferior com alinhamentos de grânulos na base; finalmente um remate cónico com vértice para baixo. Encontradas na Citânia de Briteiros, em 1937.

Tipo

Peça de ourivesaria

É parte de

Tesouro

Criador

Formato

[1) Alt. 70 m/m; diâm. 17 m/m; peso 9,6 g.; 2) Alt. 68 m/m; diâm. 17 m/m; peso 8,8 g, restaurado no aro.]

Abrangência espacial

Conjuntos de itens